Testamos na BGS: Monster Hunter World

Venho acompanhado o Monster Hunter desde o Playstation 2, que foi a quando tive minha primeira experiência com a franquia e desde então fui ficando cada vez mais apaixonado por ela.

Gostava muito da forma que o jogo foi feito, fizeram com um mecanismo pra deixar quase tudo o mais real possível, algo que era realmente muito difícil em um jogo de fantasia. Onde seu personagem sente fome, sente cansaço, sofre com o frio ou calor extremo e também tem mudanças em seu potencial dependendo da comida que come.

Os outros jogos da franquia já me deixaram extremamente viciado no modo de jogo, na febre de cada caçada, em criar armaduras etc.

Agora com a chegada do World, muita coisa foi adicionada ao jogo, o que o deixou com um ar mais real e mais intenso.

 

O que pude perceber ao testar o jogo e as novidades

 

 

Muitas mecânicas foram melhoradas, antes você não podia tomar poções ou usar alguns itens sem que o seu personagem parasse por completo o que estava fazendo para poder usar o item, agora você pode usar muito dos itens ou comer alguma ração se movimentando.

Antigamente você só preparava comidas que davam um “boost” no seu personagem, na aldeia. Hoje você pode fazer enquanto você está na caça.

Mudaram o estilo da forma de caça ao monstro, antigamente você tinha que ir de mapa em mapa ou achar seu habitat ideal pra achar o monstro, hoje você conta também com a facilidade de ir em busca de pegadas que sua caça deixou ao longo de seu caminho.

A mecânica de vasculha de itens ao seu redor melhorou demais também, antes o que você demorava muito tempo pegando 1 item de cada vez abaixando, vasculhando e guardando o item. Agora você passa correndo, pega e já guarda correndo mesmo. Ou seja, o jogo tornou-se muito mais dinâmico.

Algo que me surpreendeu de verdade foi que adicionaram uma mecânica de ter diversas funções que você pode combinar quando esta se lutando com o monstro, tal como que, subir nas costas do monstro e atacar lá em cima.

Algo que chamou demais minha atenção também foram as novas armas e os novos combos que cada arma ganhou, Me fascinou!

Mas a grande jogada que fez o jogo parecer mais real, que me fez ficar totalmente fascinado com esse novo Monster Hunter é você poder fazer o total uso de tudo ao seu redor, existem várias partes de cada mapa nas quais você pode usar pra poder desviar, atacar por cima, atrasar o monstro etc.

Estou extremamente ansioso para poder passar diversas horas dos meus dias me esbaldando de jogar!

~Jun

Informações

Monster Hunter: World
Data de lançamento inicial: 26 de janeiro de 2018
Game Engine: MT Framework
Desenvolvedor: Capcom
Gênero: RPG eletrônico de ação
Estúdio: Capcom
Série: Monster Hunter
Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows

Share This:

Deixe uma resposta