Akimatsuri 2017: O primeiro grande evento de cultura japonesa do ano.

Neste último sábado (1), nós fomos ao Akimatsuri, tradicional evento de cultura japonesa que acontece na cidade de Mogi das Cruzes conforme havíamos comentado no quarto episódio do Papo de Japa.

O evento que acontece nesses dois primeiros finais de semana de abril, já está na sua 32ª edição e é um verdadeiro sucesso de público na região, com expectativa para receber cerca de 80 mil visitantes.

Se você quer conhecer a cultura japonesa, aprofundar o seu contato com ela ou até mesmo matar a saudade da sua terra natal, você estará muito bem servido neste festival que conta com mais de 60 atrações na sua programação, uma praça de alimentação recheada de opções (sem trocadilho rs), além de dezenas de expositores com produtos e serviços para todos os gostos.

E como foi nossa experiencia no dia de abertura do evento? É o que vocês irão conferir agora.

Local:

Vamos começar falando do local onde acontece o Akimatsuri, o centro esportivo do Bunkyo de Mogi das Cruzes é propicio para o evento pois você conseguirá chegar a festa sem dificuldades utilizando o transporte público (meio que nós utilizamos) ou indo de carro, inclusive você encontrara sinalizações nas ruas indicando o caminho até o evento em praticamente todo o trajeto. Recomendamos você a dar uma olhada na página do evento onde você encontra as informações detalhadas de como chegar ao local, as linhas de ônibus e mapa.

Pelo menos na humilde opinião deste que vos escreve, o evento depois de sofrer algumas alterações nas últimas edições, acertou em cheio em seu layout.  A praça de alimentação está muito bem organizada, com boa capacidade para acomodar o público (ponto importantíssimo), os expositores também ficaram bem distribuídos, você pode transitar pela área do evento sem maiores problemas pois os corredores são bem largos, então você poderá desviar de pessoas tirando uma selfie na sua frente pois haverá espaço para isso. O único local onde há maior concentração de pessoas e pode ser mais difícil de transitar é na área do palco, mas não chega a ser algo que incomode.

Gastronomia:

Talvez seja o ponto principal de qualquer festa não é mesmo? A praça de alimentação do Akimatsuri tradicionalmente repleta de opções não deixa a desejar. São mais de 30 boxes com pratos que vão dos mais ‘’conservadores’’ como o famoso yakissoba até os mais ‘’sofisticados’’ como o okonomiyaki. Há também opções inclusive pra quem não é muito fã de comida japonesa.

Outra atração a ser destacada é a presença da chef Mogiana e vencedora do MasterChef Dayse Paparoto que estará no evento preparando pratos da culinária japonesa e atendendo aos fãs.

Citados no nosso episódio 4, o gyoza e o takoyaki foram as escolhas obvias para o nosso ‘’almoço’’ e eles não decepcionaram. Eu nunca havia provado o takoyaki, confesso que não via com bons olhos a ideia de comer um prato que continha polvo, mas fiquei maravilhado com tal iguaria após prova-la. Se você ainda não teve a chance de provar, fica a dica.

Já sobre os preços acredito estão na média de eventos como esse, e a questão acaba sendo muito pessoal pois o gasto vai variar de acordo com o gosto e apetite de cada um. Mas fique tranquilo, você não irá precisar gastar um caminhão de dinheiro com comida, bom, a não ser que você queira.

Atrações:

 

O primeiro dia do evento sem dúvidas ficou marcado pela cerimonia do Tooro Nagashi, tradicional ritual japonês que serve para homenagear as almas dos antepassados e fortalecer a paz. Na cerimônia, barquinhos de isopor confeccionados pelas escolas japonesas de Mogi das Cruzes e região, são soltos na lagoa do centro esportivo do Bunkyo, e com as velas dos barquinhos acesas e o cair da noite, a cerimonia se torna um show de imagens belíssimas como você pode conferir. Sem dúvidas é algo que merece ser visto de perto.

Já no palco, o dia ficou marcado pelos shows musicais, como os de Karen Ito, Rick Akio e os cantores mirins Karen Taira, Luiggi Dias e Sayuri Taira, além do show de ilusionismo de Edson Iwassaki e também pelo espetáculo dos tambores japoneses, o taiko, com os grupos Ryuko Taiko e Requios Gueinou Doukoukai.

A nona edição do famoso concurso Miss Akimatsuri encerrou as atrações do primeiro dia com a beleza e graça que a festa merecia.

Considerações finais:

 

 

Bom, como já disse no podcast, o Akimatsuri foi o primeiro evento de cultura japonesa com que tive contato e sem dúvidas abriu o caminho para que eu me interessasse ainda mais por essa cultura tão encantadora.

E através da minha experiencia que posso dizer que, se você gosta da cultura japonesa ou se ainda não conhece mas tem interesse o Akimatusri com certeza é uma excelente opção para que você tenha contato com um pouquinho da gastronomia, da música, dos produtos, das cerimonias e é claro com as pessoas. Até porque a melhor maneira de conhecer uma cultura é conhecendo pessoas que são desta cultura.

Mas se você já tem origens orientais e quer matar a saudade de sua terra natal ou manter as tradições da família e fortalecer suas raízes, você também irá encontrar o ‘’pedacinho do Japão’’ que você precisa no evento.

O festival possui todos os elementos necessários para ser considerado um ótimo evento de cultura japonesa (posso te garantir que já fomos a muitos), fácil acesso, grande número de atrações e opções gastronômicas, estrutura, ambiente familiar muito agradável e com certeza tradição, nenhum evento sobrevive a 32 edições sem mostrar a sua qualidade.

Portanto, se você tiver a oportunidade vale muito a pena dar uma chance a este evento.

Você ainda pode aproveitar a edição de 2017 do Akimatsuri no próximo final de semana ( dias 08 e 09 de Abril), com os dois últimos dias do evento, ainda haverá dezenas de atrações, você pode conferir a programação completa clicando aqui.

Confira a galeria de imagens do evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Share This: